Pequenas opiniões sobre quase tudo que servirão para quase nada
Domingo, 31 de Janeiro de 2010
comemorações

O que é interessante nas comemorações - que se comemoram - é que assim podemos ler algumas coisas interessantes sobre factos, que de outra maneira continuariam no fundo das bibliotecas.

A revolta do 31 de Janeiro no Porto, descrita hoje pelos jornais e ensaiada e teatrealizada no Porto, foi interessante e curiosa.

Mas podia-se ir mais longe: afinal aquilo que a actual directora do Público afirmou que iria fazer quando tomou posse ( escrever e mandar escrever com profundidade e desenvolvimento ) ainda não passou de uma pia intenção inconsequente.

 

A auto denominada ( não são todas as titularidades auto proclamadas ? ) "Associação Portuguesa para o livre pensamento" veio defender que se preste homenagem aos homens que assassinaram o Rei D. Carlos e o Principe herdeiro D. Luis Filipe.

Não caiu o carmo e a trindade, mas irritou muita gente. ( a começar pelos monarquicos) afinal se a ideia era acabar com a Monarquia, foi isso que eles fizeram. à bomba, a tiro, à pedrada: hoje seria terrorismo. Mas que foi eficaz, lá isso foi!



carlos arinto maremoto às 17:57
link do post | comentar | favorito

Sábado, 30 de Janeiro de 2010
portugal na final

Final de Futsall - antigamente era futebol de salão - Portugal vs Espanha.

Daqui a bocado. Um grande jogo. Espero que Portugal seja campeão.

 

Actualização: resultado 4-2 ganhou a Espanha.

Começar a jogar a dois minutos e picos do fim...não chega.



carlos arinto maremoto às 19:05
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 29 de Janeiro de 2010
saramago no haiti



carlos arinto maremoto às 17:55
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 27 de Janeiro de 2010
estou triste

Hoje estou triste porque desde manhã, até à noite só ouvi falar do orçamento, mas...não percebi nada: a compra de carro fica mais cara, custa mais comprar uma viatura nova. O défice , afinal é maior,do que se pensava - assim como aquelas familias que um dia resolvem fazer contas e descobrem que devem mais ao banco do que anos de vida -  mas o primeiro vai reduzi-lo, porque tem experiência disso. Os ordenados da função públicam ficam congelados e os bancos vão pagar mais - olhem para eles com ar de procupados, uns e outros, ambos ameaçando fazer greve ( bem não é mesmo greve é ir trabalhar para o estrangeiro - Ricardo Espirito Santo dixit)

Mexeram no IRS?

- Bem, quem é que mexeu no meu IRS?

A compra de computador deixou de trazer beneficios fiscais, mas em contrapartida, os isolamentos das casas ganharam lugar e destaque nas facturas a guardar.

A compra de acções também, mas não percebi, se eu não tenho dinheiro como é que eu vou comprar acções?

Os reformados e pensionistas ficam com os € 300,00 que já tinham, nem mais um tostão. São eleitores, trabalharam toda a vida, mas agora o Estado, o Pais e a Nação faz-se com os bébés que o Presidente da Republica quer ver nascer subsidiados.

 

 



carlos arinto maremoto às 21:17
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 26 de Janeiro de 2010
pensamento

Se a única ferramenta que você conhece é o martelo, todo o problema que se lhe depare, você pensa que é prego.



carlos arinto maremoto às 12:16
link do post | comentar | favorito

oe

novidade? nenhuma!

a ver vamos... se conseguirmos ver a coisa.

( na Noruega o OE é apresentado aos cidadãos em apenas uma folha - tudo claro e explicadinho - depois existem diversas versões aumentando o grau de complexidade que chaga a pesar dezassete quilos em papel - por cá é só para "especialistas")

Os tais que agora andam muito preocupados com as classificações das agencias de rating: os Marcelos Rebelo de Sousa da economia.

Ui que medo do dinheiro ficar caro... não tenho para vender, nem quero pedir emprestado, então não tenho que ter medo nenhum.



carlos arinto maremoto às 10:30
link do post | comentar | favorito

pandemia?

Durante meses andamos com medo da pandemia de gripe A que iria matar muitos portugueses. Mais do que o terramoto no Haiti. Isso de certeza.

Depois viram as vacinas. Que eram só para alguns, os previligiados, os grupos de risco...

Agora chega a indignação do Concelho da Europa: afinal é uma pandemia de fraudes e muitos milhões. E, por cá, a nosso mais que tudo estimada e veneranda Maria Belém Roseira a dizer que não é bonito os organismos internacionais andarem a dizer mal uns dos outros.

Já sabiamos que a verdade não é para ser dita, mas como descaramento e impunidade estamos conversados.



carlos arinto maremoto às 10:22
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 25 de Janeiro de 2010
CREL

O deslizamento de terras que ocorreu na Crel, na passada sexta-feira, merece a atenção das autoridades.

Não se tratou de uma mera derrocada provocada pelas chuvas. Foi muito mais do que isso.

A palavra deslizamento que diz bem o que se passou, pois deslizaram muitas toneladas de terra para cima de ambas as vias e em ambos os sentidos.

A encosta fracturou pela metade e terra, entulhos e calhaus, vieram para à estrada.

Dizem alguns jornais que se trata de um local de despejo de entulhos, e que os mesmos não estavam escorados.

Será?

E se o deslizamento tivesse arrastado dois ou três viaturas, mais os seus ocupantes?

 

Os trabalhos de remoção e protecção do local vão prolongar-se.

Alguém assuma que não há acasos. Castiguem-se os culpados.



carlos arinto maremoto às 21:21
link do post | comentar | favorito

Domingo, 24 de Janeiro de 2010
comemorações

 



carlos arinto maremoto às 19:44
link do post | comentar | favorito

Sábado, 23 de Janeiro de 2010
angola

Prestamos pouca atenção a Angola, mas esta semana três noticias disseram-nos que nos deviamos interessar mais por aquele país.

1- A aprovação da nova constituição, que a unita não votou, que junta dois cargos num só, Presidente da Republica e Primeiro Ministro.

2- Os resultados da selecção de Angola, em futebol, liderado por um português, manuel José e o interesse do Benfica em comprar um jogador ( que nem tem jogado muito)

3- O problema de Cabinda - sim, porque Cabinda continua a ser um problema - com a divulgação da história desta região, em alguns orgãos de informação portuguesa, que nos dizem que para além de petróleo e diamantes ( em grande parte é Cabinda que sustenta Angola ) esta região tem uma história diferenciada, uma cultura própria e uma identidade singular.

 

Angola continua a investir em Portugal e nós portugueses parece que nos esquecemos que Angola existe.

 

 



carlos arinto maremoto às 11:12
link do post | comentar | favorito

o impostor

Pedro Passos Coelho vem hoje na primeira página do Expresso a dizer esta coisa surpreendente: quero baixar o salário dos politicos de 5 a 10 por cento!

O que é que isto quer dizer?

- Nada!

Ou melhor que o senhor Pedro Passos Coelho optou pela mistificação para conquistar simpatias.

Como se baixar o ordenado dos politicos tornasse o orçamento de Estado melhor, baixasse o endividamento ou fizesse diminiur o número de desempregados.

É pura demagogia.

E depois, não é pelo salário dos politicos que se chega ao enriquecimento ilicito, é pela corrupção. Neste particular não vejo nada na primeira nem na última página do jornal.

Claro que PPC irá ser um combatente da corrupção, isto é outra ideia simpática para a opinião pública, mas que significa zero em termos práticos.

Politicos com menos rendimentos ou politicos que não sejam corruptos?

Politicos tecnica e profissionalmente bons, isto é, competentes, ou politicos de saldo?

Politicos que ofereçam soluções para os problemas do País, ou politicos que gerem a sua imagem na procura de um lugar confortável depois de terminarem funções?

Como diria o outro: o que tu queres sei eu!

- Claro ganhar o PSD e suceder a José Sócrates no Governo, depois ir para Presidente da Mota-Engil ou Comissário para os refugiados. ( porque não?) há algum mal nisso?

 



carlos arinto maremoto às 09:17
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Sexta-feira, 22 de Janeiro de 2010
orçamento

Pois não.

Ninguém está interessado noutra coisa.

Será palhaçada, todos a reclamarem vitória, para - afinal - ficar tudo como sempre esteve.

Um PS sozinho.



carlos arinto maremoto às 16:29
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 21 de Janeiro de 2010
o desejado

O rapaz tem quarenta anos.

O moço sempre foi politico, com carreira na JSD, que é como quem diz, na escola do pecado.

O senhor agora é empresário e economista.

Concorreu à Camara Municipal da Amadora, mas perdeu.

Lançou um livro e a televisão esteve lá.

Deu uma entrevista à judite de sousa, para dizer...coisa nenhuma.

 

É este "jovem" descomprometido e isento, que quer suceder a Manuela Ferreira Leite.

O País merece melhor sorte.

A mim não me convenceu.



carlos arinto maremoto às 22:05
link do post | comentar | favorito

o adeus a sá pinto

Depois de uma arruaça, no balneário, Sá Pinto sai da direcção do Sporting, num jogo em que, com dificuldade, conseguiram vencer o Mafra.

E depois o Liedson é que é culpado.

 

actualização: Ricardo Sá Pinto já veio informar que só estava a exigir ao "levezinho" que respeitasse o publico. Nada teve a ver com golos, ou outros jogadores. Só com os adeptos. E que afinal - ele - director manda ou não manda(va)?

Pois!



carlos arinto maremoto às 17:55
link do post | comentar | favorito

velocidade

Um estudo divulgado, esta semana, vem dizer-nos uma coisa surpreendente: em Portugal existem limites de velocidade rodoviária, abaixo do que seria lógico, desejável e justo.

É uma constactação que fazemos quando andamos por essas estradas, quer seja fora das cidades ou vilas, quer seja no interior das povoações.

É a febre pacóvia de limitar a velocidade, porque assim se julga que se evitam acidentes.

A conclusão, é como diz o estudo, a descredibilização dos limites de velocidade e a irresponsabilização de todos.

 

Duas situações:

1- O empreiteiro que coloca sinais de limite de velocidade a 10Km/hora.

Ridiculo! Já experimentaram andar a 10 Km? Pois experimentem! É mesmo palhaçada.

E depois, questiono, onde está a legalidade de ser um empreireiro a definir o limite de velocidade que devemos andar?

 

2- Os célebres 50Km na povoações, ou 40Km, conforme a vontade do autarca, com a instalação de semáforos que ficam vermelhos quando se está a mais velocidade.

O resultado é que o infractor passa o sinal vermelho e o carro que o segue fica retido no mesmo ( se quiser cumprir a indicação de que vermelho é para parar, mesmo circulando dentro do limite indicado. Mas se o não fizer, também ninguém o obriga)

 

Andar devagar não é sinónimo de segurança.

Quando existe um buraco na estrada coloca-se um sinal de limitação de velocidade.

Deveria-se arranjar, com urgência, o buraco e não distribuir sinais que só servem para dizer que todos se responsabilizam pelo que possa suceder.

 

Um estudo corajoso, que não vi os senhores da prevençaõ, das autarquias e dos cidadões condutores comentarem.

Todos se fecharam em copas. Será que andar parado é que é politicamente correcto? Adequado? Salva o planeta, como dizem os idiotas que nunca salvaram coisa nenhuma?

 

 



carlos arinto maremoto às 09:21
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 20 de Janeiro de 2010
a capa da noticia

Com a réplica do sismo de hoje, no Haiti - ou terá sido um novo sismo? - é curioso verificar como a "capa da noticia" passou a ser o jornalista português ferido.



carlos arinto maremoto às 20:16
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 19 de Janeiro de 2010
era mau????toma lá medalha.

A má moeda foi hoje condecorada.

O cinismo, a falsidade e a hipocrisia em politica.



carlos arinto maremoto às 18:05
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 18 de Janeiro de 2010
No Chile

Houve eleições presidenciais no Chile.

A um presidente de esquerda, sucede Piñeda (de direita) - se é que estas antigas e pacóvias definições ainda fazem sentido.

Por cá. Informação zero, ou nem isso.



carlos arinto maremoto às 17:08
link do post | comentar | favorito

Domingo, 17 de Janeiro de 2010
haiti

Forçoso escrever sobre o Haiti.

Não para dizer que o número de mortos é de este ou aquele valor.

Tuda esta contabilidade é ridicula.

Nem sequer para constactar que o avião com a ajuda humanitára portuguesa avariou, depois de ter saido de Lisboa e voltou para traz e voltou a levantar.... etc. etc. etc. para quem precisa de ajuda urgente estes problemas técnicos, burocratas - ontem ainda não havia autorização para aterrar em Port-au-Pince - são ridiculos, mesquinhos e incompreensiveis.

Forçoso escrever para dizer que não se compreende e aceita que um povo viva tão miserávelmente, com ditadores de pacotilha, no centro do mundo, onde o turismo é uma presença forte... Forçoso escrever para dizer que pouco se diz sobre o Haiti, a sua realidade e sua pobreza. Da tragédia ficam as imagens, mas nada mais.

 Ainda não vi qualquer "ajuda" no terreno, nem tendas, nem distribuição de alimentos e água, apesar dos grandes anúncios feitos.

No nosso caso é ridicula a "ajuda" enviada. Se querem ajudar há muita gente em Portugal a precisar de voluntariado humanitário. Mas estes voos e estas missões  ( quanto custam?) são muito curriculares e muito socialmente correctas. Servem de pouco, mas fazem figura e promovem status.



carlos arinto maremoto às 18:34
link do post | comentar | favorito

Sábado, 16 de Janeiro de 2010
assintomático

Afinal a gripe A foi assintomática em Portugal. Antes assim.

O alarmismo, não passou disso mesmo,mas...se não houvessem medidas para combater a possibilidade de crise dir-se-ia que não era feito nada.

Ded qualquer maneira deu gosto ver que a maioria da população não chegou a ser vacinada: uns porque não pertencem ao "grupo de risco" - querendo isto dizer que eram governantes ou imprescindíveis, como os médicos, os enfermeiros ou os policias - outros porque se recusaram a receber uma vacina de que duvidavam da eficácia e da consequência.

Dentro das assintomatias, retire-se a conclusão de que é sintomático.



carlos arinto maremoto às 11:29
link do post | comentar | favorito

contador
MAREMOTO
pesquisar
 
Agosto 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


textos recentes

Memória

suão

Projecto

actualização de imagem

A flor do cacto

UM AUTOR EM BARBAS

Um livro que não existe! ...

O Velho e o Mar

Aquela Janela

Um postal dos CTT com est...

arquivos

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Junho 2016

Janeiro 2014

Março 2013

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

tags

todas as tags

links
alô planeta terra

localizador ip
hora de inverno
hora de verão
contador
a partir de:
28.03.2010