Pequenas opiniões sobre quase tudo que servirão para quase nada
Quinta-feira, 8 de Fevereiro de 2007
al gore

Se quiserem que eu vá falar sobre o ambiente, o meu cachet são duzentos mil dólares, mais despesas. Não fui vice-presidente de coisa nenhuma, mas sei dizer umas coisas.

adenda: A forma superior como o senhor Al Gore visitou Portugal é sintomática do nosso provincianismo e basbaque saloio. Até chamou Presidente ao senhor José Sócrates. Ele que vá dar lições para o seu País que não tem nada a ensinar aos portugueses ou aos europeus.



carlos arinto maremoto às 18:48
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 7 de Fevereiro de 2007
chuva
cai água. está a chover. nada a comentar.


carlos arinto maremoto às 19:06
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Terça-feira, 6 de Fevereiro de 2007
incompetencia e deixa andar

Pois é o "simplex" não funciona.

Segurança Social, numa zona de Lisboa.

Filas á porta desde as seis e meia da manhã.

Os serviços abrem ás nove, mas só ás nove e um quarto é chamado o primeiro cliente.

Primeira vez: preencha estes papeis. Nota, não são documentos são papeis.

Segunda vez: mas não são estes papeis. Leve mais estes para preencher. (os primeiros ficaram lá, não se sabe para quê)

Pela leitura dos mesmos - papeis - são exigidos documentos de que o funcionário não menciona.

E assim se vive em Portugal, no reino da burocracia e da incompetência.



carlos arinto maremoto às 13:07
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

técnica

Todos os dias somos assediados com uma reportagem, uma entrevista ou declarações de alguém que afirma que o "combate á evasão fiscal est á de vento em popa" e que o Estado j á cobrou mais impostos em atraso do que alguma vez havia feito.

A técnica consiste em criar na população a ideia de que é impossível fugir ao pagamento dos impostos e de que o Estado est á atento, tem a sua m á quina lubrificada e o crime deixou de compensar.

Sendo legitima a generalização desta ideia, li hoje um artigo que afirmava que em vez de Evasão fiscal, o Estado deveria falar em invasão fiscal, e acho que tem razão o argumento.

Fomos invadidos pelo medo de que as finanças nos apanhem, mesmo que não tenhamos feito nada de anormal, ou de censur á vel. Fomos invadidos pelos impostos como antes o éramos com o serviço militar obrigatório , ao serviço da P á tria, e na mobilização para uma guerra, que sentíamos não ser nossa.

Mas isto é v á lido apenas para alguns. Quem olha e vê os sinais "exteriores de riqueza" de muitos sabe que a realidade é diferente. Como é que se pode ter uma Stracar com apenas quinhentos euros por mês? Como é que se pode viver em condomínio fechado com mil e quinhentos euros por mês? Como é que se pode fazer férias no Bali, com mil euros por mês?

Depois há aqueles crimes inexplicados - como o que recentemente aconteceu em Lisboa - de alguém que é tudo menos pobre, tem uma vida de luxo, mas ....



carlos arinto maremoto às 08:53
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Segunda-feira, 5 de Fevereiro de 2007
alentejo bleu

É um livro de uma inglesa, nascida no Bangladesh. Uma história passada no Alentejo. Ou é da tradução ou este livro é uma boa merda . Via-a na farmácia a comprar gesso" ( pag.34 )  Gesso? Seria interessante perceber como é que os estrangeiros olham para a nossa realidade, mas não é aqui.

Maioritarimente este livro fala de estrangeiros, que podem viver no Alentejo, ou em qualquer outra parte do mundo. A sua ligação com a terra e as pessoas da terra é fraca, diria, quase ausente. Se a autora esteve no Alentejo - e vê-.se que esteve - não percebeu nada da região e das pessoas que as habitam. Poderia falar de uma marginalidade - poderia que também a há (estrangeiros a viver em roulottes ou em casas degradadas, sem higiene, e contactos esporádicos com o meio - hippies reformados ou defensores de um naturismo  selvagem e desajustado da realidade, sem qualquer consistência cultural, apenas mendicidade com aparencia de dolce vita ") mas não fala. Limita-se a dizer umas coisas.

Quando fala dos portugueses parece estar noutro mundo, noutra região, noutra cultura. Percebeu, apenas, superficialmente o que é ser português e o que é ser alentejano.

Claro que dá um ar de "práfrentex " com a evocação de Salazar, da pide , do desemprego, do latifúndio da preguiça , etc. mas é tudo muito gratuito e sem consistência. Para coroar o bolo fala de homossexualidade . Fica bem (?) e parece modernaço! As suas personagem assumem essa característica , ou a de sexo escondido e maltrapilho. Além de um escritor, claro, a velha questão da escrita e do isolamento para escrever. Tudo embrulhado em coisa nenhuma.

Um livro a evitar.



carlos arinto maremoto às 17:52
link do post | comentar | favorito

900

O que fazem 900 portugueses a trabalharem na quinta britânica que teve de abater os perus, por causa da gripe das aves? 900 portugueses é muito português. O que leva a que exista uma nova emigração, em Portugal?

Recebo noticias de outras paragens em que a emigração portuguesa é forte: a Holanda. Algumas explorações de produtos frutícolas e hortícolas deixaram de receber portugueses, preferindo polacos, checos e eslovenos. Motivo: os portugueses são muito conflituosos, entre si e na relação com a entidade patronal.

 



carlos arinto maremoto às 09:00
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

sabia que

Quando compra um produto e nele vem inscrito o logótipo CE isso pode não querer dizer que foi feito na Europa, respeitando as normas de segurança e higiene que deveria certeficar?

Pois o CE, com o mesmo letering quer dizer "China Export" e são cópia de produtos europeus.Será que José Sócrates discutiu esta questão com as autoridades chinesas? Hum...duvido!



carlos arinto maremoto às 08:41
link do post | comentar | favorito

Domingo, 4 de Fevereiro de 2007
verbos
Gosta de conjugar verbos? Então vá aqui


carlos arinto maremoto às 22:03
link do post | comentar | favorito

china
Parece que José Sócrates foi á China. Nós por cá ficamos indiferentes. Os golos do Sporting e a derrota do Porto são o motivo da nossa vida. A China, só na propaganda do regime, porque coisas sérias... é mesmo o futebol.


carlos arinto maremoto às 21:50
link do post | comentar | favorito

Sábado, 3 de Fevereiro de 2007
0-1
Surpresa no Dragão? O Estrela da Amadora ganhou, carago!


carlos arinto maremoto às 21:37
link do post | comentar | favorito

e volta
 Todos os meses recebemos publicidade indesejada inserida nas contas de telefone, luz, água, cartões de crédito, etc. Muitas vezes essa propaganda vem acompanhada de um envelope-resposta, que "não precisa selar; o selo será pago por..."

      Insira nesses envelopes pré-pagos a publicidade recebida e coloque-a no correio, endereçada de volta o a essas companhias. Caso queira preservar a sua privacidade, antes de inserir a publicidade no envelope remova todo e qualquer item que possa identificá-lo.

      Este é um método que funciona excelentemente para ofertas de cartões, empréstimos, e outro material não solicitado. Portanto, não atire fora esses envelopes pré-pagos! Ao devolvê-los com a propaganda recebida, está a fazer com que as referidas empresas paguem duas vezes pela publicidade enviada. Se quiser adicionar uma pitada de malvadez, aproveite para inserir anúncios da pizzaria do seu bairro, da lavandaria, do dentista, de canalizadores, fabricantes de marquises de alumínio, ou qualquer outro item importuno que esteja à mão.

O telemarkting no seu melhor.



carlos arinto maremoto às 18:30
link do post | comentar | favorito

lamentável

O Expresso noticiou neste sábado que o Presidente concedeu, no passado Natal, o perdão de uma pena de seis meses de prisão ao empresário da noite de Évora, desconhecendo que o homem já tinha sido condenado, num processo anterior, a quatro anos e meio de cadeia e sobre o qual pendiam vários mandados de captura nacionais e internacionais por ter fugido para o estrangeiro.

Lamentável que o senhor Presidente da República se veja envolvido na incompetência dos serviços da justiça. Lamentável!



carlos arinto maremoto às 18:22
link do post | comentar | favorito

paco

O senhor Paco Bandeira caiu numa armadilha. Foi acusado de a sua produtora desviar material da RTP para as suas instalações, logo um crime de furto.

Mas, se o material l á foi parar, alguém o levou.

E se o material lá está é só lá ir verificar.

E o "Correio da Manhã" diz hoje que cada programa custa á RTP dois mil euros. O que não dá nem para as deslocações. O restante custo ser á feito com os patrocinadores. Como se vê em Portugal trabalha-se barato e a custos modestos. Ou é tudo aldrabice?

Mas o senhor Paco Bandeira tem um projecto de televisão regional - a tv sul. Que pode estar a incomodar muita gente. Como medida preventiva umas noticias nos jornais caem sempre bem e atrasam o processo que nem gingas. ( a noticia inicial do furto vinha na primeira p á gina dos jornais, os desmentidos vieram sempre no interior, na coluna do social)

 



carlos arinto maremoto às 09:45
link do post | comentar | favorito

não há

Não h á boas noticias, nem m á s noticias, nem noticias assim-assim. O que me parece é que h á propaganda, informação, desinformação e cansaço. E vamos sobrevivendo, ou pelos menos tentando.

É verdade que esta premissa é valida na medida em que não se aplica a todos. H á sempre os "espertalhões" que vão enriquecendo alegremente.

O euromilhões deu em Janeiro três primeiros prémios para Portugal. Estão a ver!

Aquilo da viagem do PM á China foi um sucesso, só não se sabe de quê?

Até dia  anda-se por c á a discutir uma pergunta estúpida. Pelo menos é a opinião dos que a aprovaram. Perceberam? Eles que aprovaram a pergunta, acham que a mesma é estúpida e o pessoal vai estupidificando nos esclarecimentos: "eu votava sim, mas vou votar não" ou "eu sou pelo não, mas vou votr sim" Perceberam claro!



carlos arinto maremoto às 09:19
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 2 de Fevereiro de 2007
olha!

Já estamos em Fevereiro e ainda não tinha dado por isso.

Hoje há lua nova.



carlos arinto maremoto às 11:45
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Quinta-feira, 1 de Fevereiro de 2007
vai resultar?

A Aliança para o Planeta lançou um apelo mundial em prol do descanso da Terra, desafiando todas as pessoas a apagar quinta-feira a luz entre as 19:55 e as 20:00 (entre as 18:55 e as 19:00, na hora portuguesa) para chamar a atenção para o desperdício de energia e as alterações climáticas.

Claro que não!

Não só porque nos estamos nas tintas para as "alterações climáticas", como pela falta de divulgação da iniciativa.



carlos arinto maremoto às 17:58
link do post | comentar | favorito

passaporte

Consta que o filho do ditador da Coreia do Norte, que vive em Macau, possui um passaporte português. Quem o afirma é uma noticia da televisão da Coreia do Sul.

Ouvido um especialista em "passaportes", será?   afirma que em Macau existem cinco mil passaportes portugueses distribuídos á população chinesa do território no tempo de Carlos Melancia - que não os utiliza, pois não precisa deles. Estes passaportes são livremente transaccionados , pois as autoridades locais - da região, entenda-se - não liga muito a estes documentos. Será?

Servem só para viajar.

Adenda: O Ministério dos Negócios estrangeiros português veio confirmar que a Embaixada de Portugal em  Macau não emitiu nenhum passaporte em nome deste cidadão. Bem isso já sabiamos. O que não é suficiente para confirmar que a noticia é falsa.



carlos arinto maremoto às 13:22
link do post | comentar | favorito

Lisboa

Só Carmona Rodrigues acredita que ainda tem condições para governar a autarquia.

Mas num País, onde Basílio Horta , questionado na China sobre as declarações de Manuel Pinho  empres á rios chineses de que os sal á rios em Portugal são baixos, afirma que: em relação á Índia os nossos sal á rios são competitivos, embora um engenheiro técnico ganhe um terço em Portugal do que ganharia em Espanha"... em ralação à Índia ? Estar á o senhor enganado na visita?

Bem, neste País tudo é possível , até estarmos convencidos de que temos razão.



carlos arinto maremoto às 13:18
link do post | comentar | favorito

MAREMOTO
pesquisar
 
Dezembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


textos recentes

love is all you need

pisca-pisca

Macaréu

zunido

invisivel

retorno a Babel

Coluna de Hércules

A mão que dá

os tempos

livraria do mondego

arquivos

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Junho 2016

Janeiro 2014

Março 2013

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

tags

todas as tags

links
a partir de:
28.03.2010