Pequenas opiniões sobre quase tudo que servirão para quase nada
Sábado, 15 de Março de 2008
descer?

O preço das "coisas" quando sobe, já não volta a descer.

Vem isto a propósito da descida do Iva - de 21 para 5 por cento - nos serviços dos ginásios, que não foi refletido nos preços a pagar pelos clientes., originando diversas queixas junto das entidades de defesa do consumidor.

É uma ilusão pensar que a descida dos impostos ira fazer com que o preço dos produtos baixe, agora ou no futuro. Por isso, toda aquela conversa acerca da diminuição dos impostos é treta. Uma vez estabelecido o preço "do mercado" só pontualmente ele cairá para niveis inferiores - mais por força de campanhas publicitárias e de promoção do que de outra coisa. O cliente habitua-se a pagar e o patamar fica estebelecido.

Faz lembrar aquelas campanhas do Continente: hoje está mais barato do que ontem, mas anteontem estava mais barato do que hoje - só que isto já não se diz, o aumento intercalar permite dizer que se está a descer, mas de facto não é verdade, está-se apenas a jogar com a percepção do cliente entre dois espaços de tempo curtos, entre si, aumentando (normalmente) a margem de lucro entre dois outros tempos, mais longos.

 

Não se espere que ao descer o iva para um valor inferior aos actuais 21% os preços venham por aí a baixo.Os outros custos - de produção, de distribuição, de promoção, etc - cobrirão a margem anulando-a. Seja isso verdade ou mentira!

 



carlos arinto maremoto às 16:20
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 14 de Março de 2008
melides

Parece que vão hoje arrancar as obras de saneamento e requalificação da praia de Melides. Não haverá verão, este ano, naquela zona de costa, uma vez que as mencioonadas obras têm o prazo previsto de conclusão de oito meses, o que significa que só lá para o final do corrente ano é que será possivel usufruir dos resultados, dos trabalhos hoje iniciados.

Sendo uma zona nobre, com uma belissima praia, Melides tem estado ao abandono. Vamos ver como é que fica. Certamente mais cara - esperemos que mantenha a caracterização e ganhe qualidade.

A estrada de acesso à praia precisa de ser alargada.

A vila precisa de ganhar vida própria e dinamismo, sem perder a sua tranquilidade e sossego.

No terminus do segundo mandato municipal, o Presidente da Camara de Grandola - que já anunciou a sua recandidatura - apresenta obra e pode urgulhar-se de ter modificado a paisagem do Concelho - de Troia a Melides e ao Lousal.

 



carlos arinto maremoto às 08:47
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 13 de Março de 2008
ridiculo

Devia-se ter a noção do ridiculo. Os portugueses hoje não são parvos.

Mostrar o primeiro ministro José Sócrates, a caminhar pelo Bairro-Alto, em ruas limpinhas, sem pessoas, com uns seguranças a passarem para cá e para lá, como se transuentes se tratassem, é, ridiculo.

Se o senhor Primeiro Ministro tem medo, ou não quer andar no meio das pessoas, não faça encenações. É uma peça de teatro, uma novela, uma encenação...ridicula.

(Nós percebemos, e José Sócrates explicou que quando cumprimenta na rua uma pessoa, que está a olhar para ele, porque o reconheceu, esta - por vergonha ou timidez - não responde. Outras vezes as pessoas reagem mal e dizem "o que lhes vai na alma" e que tudo isso faz parte das situações que  um politico tem de viver, e com especial enfase para um politico que vai fazendo Obra, que não agrada a todos - nós percebemos e compreendemos)

E é por perceber e aceitar que o Mundo é Mundo que reafirmamos, não nos faça de parvos, a andar na rua com a senhora jornalista e os seguranças à volta a fazerem de povo, em ruas fechadas à circulação dos populares, como existiria em qualquer pais da América do Sul ou de Africa.



carlos arinto maremoto às 22:38
link do post | comentar | favorito

a guerra
Para quem não viu os filmes "A guerra" de Joaquim Furtado, passados na RTP1 pode vê-los, agora, aqui no Google ou aqui


carlos arinto maremoto às 17:23
link do post | comentar | favorito

ex governador

O governador do estado de Nova Iorque, Eliot Spitzer, anunciou publicamente que renuncia ao cargo. Não lhe restava outra saída depois de se saber que contratara, por 4300 dólares (2775 euros), os serviços de uma prostituta de luxo.

 

Claro, é caríssimo. Foi muito bem para o olho da rua.

 

Todos os que andam por aí a contratar o serviço de prostitutas para:

 

- mudar o simbolo do Partido

- preencherem fichas de doação com o nome de Jacinto Capelo Rego

- dizerem que se dimitem

- treinarem o Benfica

- escreverem a biografia (particular) do senhor José Sócrates

- fazerem fotografias da Alexandra Lencastre

- elaborarem projectos de arquitectura e construção em cidades do interior

- falarem mal da CML

- não terem melhores coisas para fazer do que fazer blogues

 

Bem, deviam seguir o exemplo e apresentarem já a sua demissão.



carlos arinto maremoto às 11:22
link do post | comentar | favorito

inexplicavel

O que se está a passar no PSD é inexplicavel.

Pelo menos para os militantes que gostariam de ver o PSD como um Partido sério e feito por pessoas sérias.

Ontem, o PSD não estava preparado para ser Governo. HOje já é um Partido de ambição e de ambiciosos de Governo.

Este "ontem" e "hoje" são literais.

O que é que mudou de ontem para hoje?

- Nada!

E depois enreda-se naquela questão bizantina das quotas. Ridiculo!



carlos arinto maremoto às 11:00
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 12 de Março de 2008
Chalana
O problema do Chalana é a imagem. Eu gosto do Chalana. O Benfica já tinha mudado a imagem de vermelho para rosa, agora o PSD mudou a imagem para azul ??? será?? isso significa o quê? E quem pagou esta mudança? Isso altera alguma coisa no Partido? O PS fez três anos de Governo e a oposição fez o quê? três anos de oposição!


carlos arinto maremoto às 23:26
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

irresponsabilidade

24 horas depois do acidente que vitimou quatro pessoas, numa passagem de nivel não ouvi uma única critica à condutora da ambulancia - que também pereceu no acidente - por ter atravessado as cancelas, em zig zag, atirando-se, e aos passageiros que transportava, para debaixo do comboio.

Irresponsabilidade, e atitude criminosa é no minimo o que se pode dizer. Mas os "jornalistas" da treta falam no problema das cancelas e da passagem de nivel.

Ser condutor de ambulãncia não significa que se seja inconsciente. Não signidfica que se faça o transporte, mesmo urgente, ou super urgente, ou urgentíssimo, ou outra prioridade qualquer de forma irresponsavel e no "vale tudo eu sou o/a maior".

Os senhores comandantes dos bombeiros e das ambulancias 112 ou inem sabem que existem estes condutores, mas preferem ignorar.

 



carlos arinto maremoto às 17:21
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Terça-feira, 11 de Março de 2008
avaliação

A questão é saber porque é que os professores não querem ser avaliados. Se é normal, em qualquer profissão, haver um sistema de avalição do desempenho, das qualificações e dos resultados, porque é que os professores hão-de ser diferentes?

Repararam que a mioria dos professores fizeram questão em afirmar - em entrevistas para a comunicação social - que não eram sindicalizados? Porque será!!???

Neste aspecto o Governo faz bem em não ceder. Pode mesmo dispensar os "conselhos" do conselheiro Vitorino, que parece que inventou o "ovo de colombo": deve haver um periodo de carência, deve haver uma fase experimental, etc. O senhor conselheiro fica de fora, ganhando o dinheiro dos clientes, dando conselhos - qual treinador de bancada - não se comprometendo.

Depois há aquela ideia peregrina de o PS fazer um comicio, ou um ajuntamento com "cem mil pessoas ou mais".Ridiculo. Não faz sentido.

Depois há ainda o senhor Presidente do Concelho que diz que "não está na altura - ainda - de baixar impostos", mas só o falar disso já significa: para o ano, que é ano de eleições, vamos baixar os impostos, vocês vão ver, somos muito bonzinhos, muito responsaveis, muito coerentes.

Na oposição o desastre continua. Nem vale a pena falar disso.

Nas policias tudo continua como dantes, isto é bandidos à solta e conflitos nas secretarias para ver quem manda mais. Ontem foi auto-morto, mais um gnr, no quartel e com a arma de serviço. Porque será?? Porque estava contente com a vida, com as condições de trabalho? Com o salário? Com a familia?

Quando o país não anda bem, como é que o Benfica pode ganhar jogos e campeonatos? Ou será que é ao contrário??



carlos arinto maremoto às 09:26
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

11 de Março

Será bom lembrar e condenar o terrorismo, sob qualquer forma. Será bom que não esqueçamos que a estupidez e a loucura não são actos justificaveis nem negociaveis.

Será bom querermos e lutarmos por um Mundo diferente.



carlos arinto maremoto às 09:15
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Segunda-feira, 10 de Março de 2008
boa!!!
A deputada Ana Gomes concorreu à concelhia de Sintra ( não devia estar em Bruxelas a trabalhar? será que foi a Edite Estrela que a aconselhou a vir a Sintra? Já lhe disseram que Sintra não fica em Timor?) e perdeu com 22,4%. No blogue "Causa Nossa", onde escreve habitualmente diz: o resultado superou as nossas expectativas.
Estava à espera de ter menos votos???? Trata-se portanto de uma vitória??? Boa!!!!


carlos arinto maremoto às 22:27
link do post | comentar | favorito

quotas
De vez em quando o PSD anda com um problema de quotas. É estranho!!! SE, por um lado nenhum Partido vive das quotas dos seus militantes, por outro estes servem "apenas" para votar, quando alguém lhes paga as quotas. ( e às vezes os vão buscar a casa...)


carlos arinto maremoto às 18:42
link do post | comentar | favorito

Domingo, 9 de Março de 2008
benfica
O Camacho foi à vida, com mais uns milhões de euros no bolso. Viver não custa, o que custa é saber viver. LFV é um grande Presidente? Adeus Camacho, vai aprender a falar português! Não é que precises, mas pode ser que ajude a perceberes porque é que não foste além de muitos empates.


carlos arinto maremoto às 22:12
link do post | comentar | favorito

O senhor engenheiro
a baixa do Porto traz este projecto de engenharia que vale a pena ver.


carlos arinto maremoto às 11:14
link do post | comentar | favorito

O regresso

De regresso aos seus locais de trabalho - depois da "gloriosa" jornada de luta de ontem, os professores esperarão que agora aconteça alguma coisa.

Não sei se vai acontecer, ou não (alguma coisa) mas o mais provável é a vida continuar igual com a ministra no seu lugar e as medidas a serem explicadas e explicadas e explicadas.

O que lavará a uma enorme frustação.

José Pacheco Pareira, publicou no seu Abrupto um excelente texto sobre esta frustação. De quem nunca tinha estado, antes, numa manifestação. Do contentamento e satisfação de partilhar um autocarro, uma deslocação, uma mão amiga, entre duas cidades e depois gritar bem alto uma qualquer palavra de ordem. É a mistica da rua.

Neste caos estiveram cem mil pessoas na rua.

O que convenhamos que é muita gente, mas o que não lhes atribuiu automáticamente razão, antes pode ser visto como a reacção normal que se tem à mudança, seja ela qual for.

No caso dos professores a minha participação será apenas como "encarregado de educação" e neste particular porque é que a minha opinião não há-de contar para a valorização dos professores, da escola e do ensino?



carlos arinto maremoto às 11:02
link do post | comentar | favorito

Sábado, 8 de Março de 2008
medida de contagem

Ouço na sic-noticias que estiveram na manifestação da indignação dos professores, dois campos de futebol - do Benfica e do Sporting - ambos cheios.... como? dois campos de futebol? Mas que medida de contagem é esta? Será que é a que se ensina agora nas escolas?

 

Somos tão estúpidos que já só conseguimos raciocinar em termos de "campos de futebol"?

Esta boçalidade diz bem da situação do ensino em Portugal.



carlos arinto maremoto às 22:04
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

semana em cheio

Depois do Benfica, do Porto e do Sporting temos os policias e os professores.

Deve haver mais policias na rua, hoje, do que nos três jogos de futebol somados. Medo? Quem eu?

Também já não pega aquela máxima do ps de que tudo o que tenha a ver com a rua é da autoria do PCP. Seria valorizar - em muito - a actual capacidade organizativa do Partido Comunista. Nem de perto nem de longe, o pcp tem hoje essa capacidade, de levar atraz de si militantes, simpatizantes e outros rebanhos.

Lamentávelmente assistimos ao PSD ser espectador cumplice do descontentamento dos professores.Sem chama nem garra, o psd não fez nada para capitalizar alguma vontade de mudança,  num enquadramento em que existirão - certamente - muitos professores do Partido ( filiados ou simpatizantes ou até mesmo - espantem-se- sociais democratas) como igualmente existirão professores do PS.



carlos arinto maremoto às 17:13
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

dia da mulher e dos professores

Um amigo dizia-me que só via mulheres na manifestação dos professores. Se calhar estava a confundir com o dia da mulher, que por coincidência, também é hoje.

Mas mesmo que ele não tenha razão - e não tem certamente - fico preocupado por não entender para onde querem ir os professores com esta "indignação"? Pedir a demissão da ministra é uma forma fácil e recorrente de não resolver problema nenhum. É como empurrar os problemas, para a frente, com a barriga. O que na prática é o que temos vindo a fazer - todos, pais, alunos e professores - desde o já distante 25 de ABRIL.

Continuo a dizer que não me chega nenhum ruido sobre as propostas alternativas ou de opção para a politica do ministério da educação. E todos sabemos como as coisas nas escolas então mal. No ensino, nas condições de trabalho, nos ordenados dos professores, nos aproveitamentos, na disciplina e nas oportunidades.Mas sobre tudo isto, registo um silêncio que não dignifica nem uns nem outros.



carlos arinto maremoto às 17:02
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Sexta-feira, 7 de Março de 2008
estudos?

Estudos e opiniões são uma coisa que fazemos, em Portugal, com muita mestria. Hoje o "Correio da Manhã" diz que o "crime violento em Portugal tem vindo a aumentar desde agosto".

Ontem estava a diminuir, hoje a aumentar.

Nem vale a pane ler este tipo de noticias, são pura propaganda.

Entretanto o assassino de Sacavém é o mesmo de Oeiras. O guarda do Colombo que morreu "auto-matou-se" com três facadas na barriga - convenhamos método original e eficaz, destinado a fazer escola e a transformar-se num case-study.  Mais dois ou três mortes, de norte a sul, sem esquecer o ferrari desfeito que... não foi bomba, não senhor, mas despiste. Azar o condutor não ter sobrevivido para informar a PJ dos mistérios do Porto, não só da noite, como do futebol. Muito conveniente aliás.

Por isso estejam tranquilos. Estamos seguros e até os policias vão às escolas identificar professores, um dia antes da manifestação nacional, apenas para garantir a sua segurança. Não se sabe se é a segurança dos policias, se dos professores, se dos alunos ou do Governo.

Com este excesso de zelo, já abafado e tornado "equivoco", estamos mais seguros.

O crime violento entre bandidos é uma realidade. Agora passou para o cidadão comum, mas basta não estar no local certo à hora errada, não é!!!???



carlos arinto maremoto às 09:46
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 6 de Março de 2008
crime?

Qual crime??  foi o próprio que se auto-matou.

E se não foi assim, foi por engano!! Ou então a pistola que se disparou sozinha.

Já temos um estudo a dizer que o crime "diminuiu" em Portugal, pois então, não havia de ter diminuido??? O anúncio de mais dois mil policias para formação ( com recrutamento e formação estarão nas ruas no final do próximo ano, portanto ainda muito a tempo de descobrirem os criminosos que os actuais cotas não conseguem encontrar)e ainda... e ainda a comunicação social a ser aconselhada a ser mais comedida no processo de venda dos seus jornais, não dando tanto ênfase aos crimes violentos - com sangue ou sem sangue - mas promovendo mais os brindes, livros, dvd´s e ofertas, para o que não seria de todo estúpido haver um subsidiozinho estatal.

Afinal é só criar mais um imposto e a população fica muito mais tranquila.



carlos arinto maremoto às 11:00
link do post | comentar | favorito

MAREMOTO
pesquisar
 
Novembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


textos recentes

invisivel

retorno a Babel

Coluna de Hércules

A mão que dá

os tempos

livraria do mondego

filho

Hoje é dia

a vida é bela

ritmo helicoidal

arquivos

Novembro 2019

Outubro 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Junho 2016

Janeiro 2014

Março 2013

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

tags

todas as tags

links
a partir de:
28.03.2010