Pequenas opiniões sobre quase tudo que servirão para quase nada
Segunda-feira, 30 de Abril de 2007
é mau demais

"Combateremos a sombra", de Lidia Jorge, é mau de mais para ser verdade.

A acção - se é que acção podemos chamar ás deambulações psicanaliticas de um clinico, que dá aulas, não se sabe aonde (mas neste País todos dão aulas, não é?) com uma paciente chamada Maria London - um nome muito comum em Portugal, não é? - localiza-se entre o Jardim de Santos e a Assembleia da Republica. São Bento.

Quando a personagem, Maria London, arrenda um apartamento na zona vê uma placa que diz "Vende-se Loft". (página 158) Exactamente! Aliás a zona tem muitas placas desta, da ERA, da REMAX, da Century XXI, não será?

A senhora escritora deve viver num outro mundo, mas não em Lisboa, não em Portugal. Ou então deve pertencer a uma classe social com códigos alterados, que vive em *lofts* mas não tem nada a ver com os portugueses e portanto deveria ir fazer literatura para Inglaterra.

Na página 88 diz: *estava a vê-la de costas, a vestir o mohair em silêncio*.

O mohair?

Ó filha, senhora personagem, você vista o mohair que quiser, mas o que será isso?

Quantos portugueses andam de mohair?

Não é pretenciosismo a mais?

Depois a dita acção é confusa, sem intensidade e perde-se em descrições absurdas, - a ida a Cascais do personagem Maria London, com o pai, sem dizer uma palavra em todo o percurso, onde este lhe oferece.... tamtamtam!.... um restaurante! ( emocionante, não é?) que ela rejeita partindo uma garrafa de vinho na chão - sendo o mais próximo de um enredo policial o facto de um barco de cruzeiro atracado na Rocha de Alcantara, não constar dos mapas de chegadas e partidas, ao Porto de Lisboa, no jornal *Público* e num outro jornal, de que já não se menciona o nome.

Que problema, não é? E logo o *Público* não trazer esta informação. É mesmo caso de policia?!!!

É por isto que a literatura portuguesa não tem leitores, nem deve ser escrita para ter leitores, é apenas para os amigos.

Vou tomar uma aspirina para ver e o loft me vai para baixo.



carlos arinto maremoto às 08:38
link do post | comentar | favorito

2 comentários:
De Fernando Vouga a 2 de Maio de 2007 às 15:07
Como se sabe, hoje a comunicação social e a crítica literária estão prisioneiras de uma certa esquerda pseudo-intelectual que se considera proprietária do 25 de Abril, para além de outras miudezas. E são esses meninos que detêm o poder de convencer os papalvos do que é, segundo eles, o bom e o mau.
Lídia Jorge é uma grande escritora. Mas sabe que, para agradar a essa fauna e vender os seus livros, tem de escrever misturadas que ninguém percebe. Caso contrário não há publicidade.


De maremoto a 3 de Maio de 2007 às 08:26
Acredito. Como afirmei não conheço a obra de Lidia Jorge. Mas o que li - ainda estou a tentar ler - é realmente muito mau. Esquerda? Eu chamar-lhe-ia, mais, lodo intelectual ou diarreia do convencimento. E claro que, partilho da sua opinião, de que ser de esquerda é que é bom e que os nossos *intelectuais* sofrem sofrem dessa disfuncionalidade. Aliá, segundo eles, não existe nada para além dessa esquerda de lobotomia e autofágica, que se auto promove e se auto elogia e publicita naquele conceito herméico de que quanto mais rebuscado - e inintiligivel - melhor.
Um abraço


Comentar post

MAREMOTO
pesquisar
 
Novembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


textos recentes

Coluna de Hércules

A mão que dá

os tempos

livraria do mondego

filho

Hoje é dia

a vida é bela

ritmo helicoidal

poema para minha mãe

contos e mais contos

arquivos

Novembro 2019

Outubro 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Junho 2016

Janeiro 2014

Março 2013

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

tags

todas as tags

links
a partir de:
28.03.2010