Pequenas opiniões sobre quase tudo que servirão para quase nada
Domingo, 13 de Fevereiro de 2011
seis milhões?

O director que se demitiu - por causa dos problemas com o cartão de cidadão no dia das eleições - afirmou ao Expresso que: "existem em Portugal seis milhões de pessoas (num universo de nove milhões) que a administração não sabe onde estão".

Vejamos: é muita pessoa para se perder de um momento para o outro.

 

(Lá que não saibam onde estão os mortos que morrem dentro de casa....dois só na última semana.... ainda poderia ter desculpa....mas nem assim)

 

O problema começa com a não informação a 700.000 cidadãos - que requereram o cartão de cidadão - que a mudança de morada arrasta todas as outras moradas. Passa a haver, apenas uma morada para o cidadão ser notificado, logo o número de eleitor é modificado e a correspondente mesa de voto. (no caso em que a morada de eleitor era diferente da morada de residência)

Note-se que digo informado. Na minha opinião não é preciso enviar nenhuma carta...bastava que o funcionário que procede à recolha dos dados para a feitura do cartão de cidadão informe o mesmo das caracteristicas, e condicionantes do novo cartão - antes e nunca depois, ao entregar o cartão- a morada que se dá como residência não é alietória, existe muita gente com mais de que uma morada possivel.

 

Depois surge o problema de saber se a secretária de Estado e o Ministro sabiam que havia um problema que não estava a ser devidamente tratado.

Parece-me ridicula a questão.

Se não sabiam deveriam saber e logo demitirem-se como lhes compete.

 

Mas voltemos aos seis milhões de portugueses que o Estado não sabe onde estão e que não consegue notificar.

Na última vez que foram enviadas cartas o sucesso foi de 2%. Isto significa o quê?

Em cada milhão de pessoas que a administração contacta só o consegue fazer em 20.000?

Há aqui qualquer coisa que me escapa.

 

(Já se sabe que a segurança social corta a pensão a quem não levanta o vale dos ctt e que as finanças vendem a casa a quem não paga imi, sem qualquer outra deligência, arrecadando a diferença entre mil euros e trinta mil como se fosse a coisa mais normal do Mundo - e está tudo bem - quem é que se revolta?para quê? embora depois venha dizer que os móveis que estão dentro da casa não faziam parte do lote de venda.... e não ouvi nenhuma demissão de incompetente funcionário ou director)

 

O Estado a que o Estado chegou é uma banalidade.

Os detentores de cargos politicos são irresponsáveis.

Õ Ministro da Administração interna devia estar no desemprego desde o caso dos blindados para as forças de segurança, desde o submarino avariado,  ou até - nunca deveria ter sido tal coisa, porque realmente tem competência para se desculpar, não para assumir responsabilidades.

 

A senhora secretária de Estado é na mesma linha uma ferverosa militante do PS. (este PS, não o PS de Mário Soares)

Se alguém deu uma ordem e alguém não a cumpriu tão responsável é o autor do não cumprimento como o autor da ordem que não zelou pelo seu cumprimento. Afinal o executante, procedem à execução em nome de

...pois tudo na administração publica portuguesa é representativo.

Incluindo os politicos: que estão lá porque os cidadãos votaram.

 

É claro que Pedro Passos Coelho não vai cair na armadilha. É claro.



carlos arinto maremoto às 17:12
link do post | comentar | favorito

MAREMOTO
pesquisar
 
Setembro 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9


24
25
26

27
28
29
30


textos recentes

Escrever

adiado

Não adianta ignorar

fantasias de fim de verão...

Noites perfeitas

Sem-abrigo

Curioso, disse ela!

Semáforo

Mutação

Retrato

arquivos

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Junho 2016

Janeiro 2014

Março 2013

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

tags

todas as tags

favoritos

Despertar

Morrer algum dia

links
a partir de:
28.03.2010